Essa página depende do carramento de javascript. Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Áudios
Início do conteúdo da página
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 576

Áudios

Hinos e Canções


Canção do Exército
Letra: Alberto Augusto Martins | Música: T. Magalhães

Nós somos da Pátria a guarda
Fiéis soldados
Por ela amados,
Nas cores de nossa farda,
Rebrilha a glória,
Fulge a vitória.

Em nosso valor se encerra
Toda a esperança
Que um povo alcança
Quando altiva for a terra.
Rebrilha a glória,
Fulge a vitória

BIS...

A paz queremos com fervor,
A guerra só nos causa dor.
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada,
Lutaremos sem temor.

Como é sublime
Saber amar,
Com a alma adorar
Aterra onde se nasce!
Amor febril
Pelo Brasil
No coração
Nosso que passe.

E quando a Nação querida
Frente ao inimigo,
Correr perigo,
Se dermos por ela a vida
Rebrilha a glória,
Fulge a vitória.

E assim ao Brasil faremos
Oferta igual de amor filial
E a ti Pátria salvaremos
Rebrilha gloria
Fulge a vitória.

Escrito por

Publicado em Áudios

Última modificação em Quarta, 19 de Agosto de 2015, 10h44

Leia mais ...

  • 22/12/13
  • 00h00

Hino à Bandeira
- Letra: Olavo Bilac | Música: Francisco Braga voltar

Salve, lindo pendão da esperança
Salve, símbolo augusto da paz!
Sua nobre presença lembrança
A grandeza da Pátria nos traz.


Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito varonil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil
Bis...

Este teu seio formoso retratas
Este ceú de puríssimo azul,
A verdura sem par destas matas
Eo esplendor do Cruzeiro do Sul...

Contemplado o teu vulto sagrado,
Compreendendo o nosso dever
E o Brasil , por seus filhos, amado
Poderoso e feliz há de ser

Sobre a imensa nação brasileira
Nos momentos de festa ou de dor,
Para sempre, sagrada bandeira,
Pavilhão da justiça e do amor!

Escrito por

Publicado em Áudios

Última modificação em Quarta, 19 de Agosto de 2015, 10h21

Leia mais ...

  • 22/12/13
  • 00h00

Escrito por

Publicado em Áudios

Última modificação em Segunda, 06 de Junho de 2016, 18h38

Leia mais ...

  • 22/12/13
  • 00h00

Canção da Infantaria
- Letra: Hildo Rangel | Música: Thiers Cardoso voltar

Nós somos estes infantes
Cujos peitos amantes
Nunca temem lutar;
Vivemos,
Morremos,
Para o Brasil nos consagrar!

Nós, peitos nunca vencidos
De valor desmedidos,
No fragor da disputa
Mostremos
Que em nossa Pátria temos
Valor imenso
No intenso
Da luta.

És a nobre infantaria,
Das armas a rainha,
Por ti daria
A vida minha,
E a glória prometida,
Nos campos de batalha,
Está contigo
Ante o inimigo
Pelo fogo da metralha!
És a eterna majestade
Das linhas combatentes,
És a entidade,
Dos mais valentes
Quando o toque da vitória,
Marcar nossa alegria,
Eu cantarei,
Eu gritarei:

És a nobre infantaria!
Brasil, te darei com amor,
Toda a seiva e vigor,
Que em meu peito se encerra,
Fuzil!
Servil!
Meu nobre amigo para a guerra!

O meu amado pendão,
Sagrado pavilhão,
Que a glória conduz!
Com luz
Sublime
Amor se exprime

Se do alto me falas,
Todo roto por balas!

És a nobre infantaria,
Das armas a rainha,
Por ti daria
A vida minha,
E a glória prometida,
Nos campos de batalha,
Está contigo
Ante o inimigo
Pelo fogo da metralha!

És a eterna majestade,
Das linhas combatentes,
És a entidade,
Dos mais valentes
Quando o toque da vitória,
Marcar nossa alegria,
Eu cantarei,
Eu gritarei:

És a nobre infantaria!

Escrito por

Publicado em Áudios

Última modificação em Quarta, 26 de Agosto de 2015, 17h16

Leia mais ...

  • 22/12/13
  • 00h00

 Canção Fibra de Heróis
- Letra: Teófilo de Barros Filho | Música: Guerra Peixe voltar
Nós somos estes infantes

Se a Pátria querida for envolvida
Pelo inimigo, na paz ou na guerra
Defende a terra
Contra o PERIGO.

Com ânimo forte se for preciso
Enfrento a morte
Afronta, SE LAVA com fibra de herói
De gente brava.

Bandeira do Brasil
Ninguém te manchará
Teu povo varonil
Isso não consentirá.

Bandeira idolatrada
Altiva a tremular
Onde a liberdade
É mais uma estrela
A brilhar.

Escrito por

Publicado em Áudios

Última modificação em Quarta, 19 de Agosto de 2015, 10h18

Leia mais ...

  • 22/12/13
  • 00h00

Canção da Nobre Infantaria
Letra e Musica: Desconhecido voltar


Nobre infantaria, arma de respeito,
faz amedrontar
Quando, peito a peito
o inimigo nos encontrar.
A fama levando, vamos espalhando, a nossa alegria
E, junto a o Brasil está o fuzil da infantaria.

Somos soldados,nobres infantes
que nos mostramos alegres triunfantes
com belo porte, que até a morte,
não ousara nos destruir

Sempre a sorrir, vamos marchando
Vamos lutando em prol deste pavilhão:
O nosso Brasil a quem dedicamos o coração!


Junto à nossa banderia,
lutaremos com valor
daremos a vida interia
por ela temos amor!
Mas, se algum dia a guerra
nos vier surpreender
temos o fuzil;
vamos combater para salvar a honra do Brasil

HURRA!

Somos soldados,nobres infantes
que nos mostramos alegres triunfantes
com belo porte, que até a morte,
não ousara nos destruir

Sempre a sorrir, vamos marchando
Vamos lutando em prol deste pavilhão:
O nosso Brasil a quem dedicamos o coração!

Escrito por

Publicado em Áudios

Última modificação em Quarta, 19 de Agosto de 2015, 10h01

Leia mais ...

  • 22/12/13
  • 00h00

Hino Nacional

Hino Nacional
- Letra : Osório Duque de Estrada | Músico :Francisco Manoel da Silva voltar

 

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas                        Deitado eternamente em berço  esplêndido
De um povo heróico o brado retumbante                        Ao som do mar e a luz do ceú profundo
E o sol da Liberdade em raios fulgidos                              Fulguras,ó Brasil, florão da América
Brilhou no ceú da Pátri nesse instante ,                            Iluminando ao sol do Novo Mundo !

Se o penhor dessa iguadade                                              Do que a terra mais garrida
Conseguimos conquistar com braço forte                      Seus risonhos lindos campos tem mais flores
Em teu seio ó liberdade ,                                                   “Nosso bosque têm mais vida”
Desafia o nosso peito a própria morte !                          “Nossa Vida “no teu seio “mais amores”,

Ó P átria  amada ,                                                                 Ó Pátria amada ,
Idolatrada ,                                                                             Idolatrada ,
Salve, Salve !                                                                          Salve! Salve!

Brasil , um sonho intenso ,um raio vívido                       Brasil , de amor eterno seja símbolo
De amor e de esperanç a terra desce ,                            O lábaro que  ostenda estrelado
Se em teu formoso ceú risonho e límpido                      E diga o  verde-louro desta flâmula
A imagem do Cruzeiro resplandece.                                Paz no futuro e glória no passado.

Gigante pela própria natureza ,                                         Mas , se ergues da justiça a clava forte,
És belo ,és forte, impávido colosso,                                  Verás que um filho teu não foge a luta
Eo teu futuro espera essa grandeza .                               Nem temes , quem te adora , a própria morte .

Terra adorada
Entre outras mil
És tu Brasil ,
Ó Pátria amada !
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada ,

Escrito por

Publicado em Áudios

Última modificação em Quarta, 19 de Agosto de 2015, 10h06

Leia mais ...

  • 22/12/13
  • 00h00

Hino à Guararapes
- Letra: Cel William da Rocha | Música: William Simão da Rocha voltar

Desta gente soma e parcela,
No presente seu futuro faz,
É vontade que luta e zela
Pela ordem, segurança e pela paz
Responsável, moderna liderança,
Braço forte, defesa destemida,
Na coragem, lealdade e confiança,
Ao irmão a mão amiga estendida.

Fusão de raças, forte semente,
Em Guararapes pujante surgiu,
Presença nacional no continente,
É a Força Terrestre do Brasil,
É a Força Terrestre do Brasil.

Reverente à ordem e à disciplina,
O Exército constrói a sua história,
Suas armas, ciência e doutrina,
Seu passado de luz e de glória.
De Caxias e do estelar cruzeiro,
Sabre honrado voltado à missão,
Povo bom, valente, altaneiro,
Verde-Oliva vestindo o coração.

Fusão de raças, forte semente,
Em Guararapes pujante surgiu,
Presença nacional no continente,
É a Força Terrestre do Brasil,
É a Força Terrestre do Brasil.

Escrito por

Publicado em Áudios

Última modificação em Quarta, 19 de Agosto de 2015, 10h07

Leia mais ...

  • 22/12/13
  • 00h00
Fim do conteúdo da página